Mr. Cheney prepara internacionalização da rede

Mesmo em época de crise, empresário estuda instalar lojas nos Estados Unidos e outros países da América do Sul

 

Se os cookies fazem tanto sucesso no Brasil, mesmo entre os americanos que estão no Brasil e são acostumados a comer os melhores do mundo, por que não fazer sucesso na terra do Tio Sam? É com essa ideia que o proprietário da rede Mr. Cheney, de cookies e outras delícias tipicamente americanas inicia a busca pelas melhores localidades para tentar pela primeira vez uma expansão internacional. Pontos comerciais dentro dos Parques da Disney e no Aeroporto de Orlando são as primeiras opções para os Estados Unidos, além de países como Argentina, Peru e Chile.

 

“Não temos dúvida nenhuma de que nossos produtos não deixam a desejar para nenhum outro americano, uma vez que eles foram desenvolvidos aqui no Brasil com exclusividade por um cookieman americano, o próprio Mr. Cheney”, explica Lindolfo Paiva, fundador da rede que já possui 44 unidades.

 

Apesar da crise que vem diminuindo as vendas de modo geral no varejo, o está comemorando grandes resultados: um faturamento de R$ 7 milhões a mais em apenas 1 ano, com a inauguração da fábrica própria, 25 novas unidades e o aumento nas vendas de produtos – a produção somente de cookies, produto que é o carro chefe da rede, saltou de 1,2 milhão em 2013 para 2,8 milhões em 2014.

 

As estratégias de aumento nas vendas, segundo o proprietário do Mr. Cheney está na rápida pulverização da marca, que tem alcançado novas cidades e regiões onde ainda não estava presente, a entrada em grandes e importantes Aeroportos do Brasil, como Cumbica e Congonhas (São Paulo) e Galeão e Santos Dumont (Rio de Janeiro), além de participações em eventos e festivais, como o Festival do Japão (SP) e o Rock´n Rio (RJ). “Com o evento das Olimpíadas no ano que vem e a consolidação da marca em grandes Aeroportos, pretendemos aumentar em 30% nossas vendas”, acrescenta Paiva.

 

 

Tudo começou numa missão mórmon

O Mr. Cheney tem este nome depois que um americano, chamado Jay Cheney, veio ao Brasil numa missão mórmon e conheceu Lindolfo Paiva, que estava servindo na mesma missão no sul do país. Anos mais tarde, após nova visita ao Brasil, o americano contou que era gerente de uma loja de cookies nos Estados Unidos (um cookieman, como são chamados lá) e ensinou a receita original do cookie americano e seus segredos. Lindolfo e sua esposa começaram a fazer cookies de maneira caseira primeiramente, mas o sucesso foi tanto, que muita gente conhecida queria comprá-los. Ao comentar isso com seu amigo americano, Jay Cheney voltou ao Brasil e ajudou Lindolfo a montar a primeira loja na Zona Norte, que foi batizada de Mr. Cheney por Lindolfo para homenagear o amigo. Até hoje, quando um americano experimenta os cookies do Mr. Cheney os comentários são sempre os mesmos: “vocês deveriam abrir lojas nos EUA, porque nem mesmo lá comemos cookies tão saborosos como estes”.

 

Mix de produtos

O carro-chefe do Mr. Cheney é o cookie, com 10 versões de sabores, que representam 70% das vendas da rede e custam R$ 5 cada.

Outras delícias doces tipicamente americanas: brownie, cinnamon rolls (enrolados de canela, feitos de pão doce, com cobertura de cream cheese), mini apple pie (tortinhas de maçã individuais), cheesecake, american pancakes with mapple syrup (panquecas servidas quentes com cobertura de manteiga e xarope de mapple ou leite condensado), cookie ice montain (o cookie preferido com uma bola de sorvete de baunilha em cima e calda de caramelo ou chocolate). Os salgados ficam por conta dos turkey & ham rolls, que são pães salgados em forma de rocambole nos sabores mussarela, presunto ou peito de peru, servidos quentes com molho de requeijão. Entre as bebidas estão os famosos shakes, em 3 versões, os frappés e vários tipos de cafés e achocolatados. Complementam o mix produtos para viagem ou presentes, como os biscoitos de gengibre (famosos bonequinhos americanos), e caixas para presentes com mini cookies ou big cookies personalizados.

 

 

FRANQUIA MR CHENEY – Ficha técnica:

Investimento total (com a Taxa de Franquia incluída): R$ 250 mil a R$ 280 mil

Capital de Giro: R$ 10 mil

Taxa de Franquia: R$ 43 mil

Taxa de Royalties: 5% sobre o faturamento bruto

Metragem média das unidades: de 20 a 35 m²

Número mínimo de funcionários: 5

Faturamento médio mensal: R$ 45 mil

Lucratividade: entre 12% e 25%

Prazo de contrato: 5 anos

Contato: www.mrcheney.com.br

 

Informações para a imprensa:

INÉDITA COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA PARA REDES DE FRANQUIAS

11 5581-5658 / 11 2276-7112

Contatos:

Larisa Oliveira – larisa@ineditasp.com.br

Monica Cintra – monica@ineditasp.com.br

 



GoAds

© Todos os direitos reservados - Mr Cheney. Desenvolvido por: Agência 242